tratamento cocaína e crack

Tratamento Cocaína e Crack.

Tratamento cocaína e crack. Unidades para homens e mulheres, excelente infraestrutura com baixo custo, pagamento via boleto bancário.

 

Clínicas de Recuperação para usuários de Cocaína e Crack.

A cocaína pode ser consumida de várias formas, mas o modo mais comum é pela aspiração da droga, que normalmente se apresenta sob forma de pó.

Alguns consumidores chegam a injetar a droga diretamente na corrente sanguínea, o que eleva consideravelmente o risco de uma parada cardíaca irreversível, causada por uma overdose.

A síndrome psicológica da cocaína é extremamente poderosa.

Está comprovado em estudos epidemiológicos que a cocaína é muito mais viciante que a maconha (cannabis), o álcool ou o tabaco.

A cocaína apresenta fenômeno de tolerância bem definido e de estabelecimento rápido. Para obter os mesmos efeitos, o consumidor tem de usar doses cada vez maiores.

A cocaína pode causar mal formações e atrofia do cérebro e mal formações dos membros na criança se usada durante a gravidez.

Ela pode ser detectada nos cabelos durante muito tempo após consumo, e o seu uso pela mãe é comprovado desta forma em bebês.

Entre os efeitos descritos da droga no sistema nervoso central estão:

Euforia, sensação de poder, ausência de medo e ansiedade, agressividade, excitação física, mental e sexual, anorexia (perda do apetite).

Insônias, delírios, cardiovasculares, aumento da força e frequência cardíacas, palpitações (sensação do coração a bater rápido contra o peito).

Hipertensão arterial, vasoconstrição, além de urgência de urinação, tremores, midríase: dilatação da pupila, hiperglicemia, saliva grossa.

Efeitos em altas doses

Convulsões e depressão neuronal ocorrem com doses mais altas.

No entanto, a dose exata que vai causar um tipo de efeito mas não outro em um indivíduo, é indeterminável. Também podem ocorrer alucinações, paranoia (geralmente reversível). Taquicardia, convulsões, depressão do centro neuronal respiratório, depressão vasomotora, e até mesmo coma e morte.

As overdoses de cocaína são rapidamente fatais.

Caracterizam-se por arritmias cardíacas, convulsões epilépticas generalizadas e depressão respiratória com asfixia.

Se a morte não ocorrer em até 3 horas após o início dos sintomas, o doente deverá se recuperar, demorando algum tempo para que isso ocorra.

São comuns síndromes psiquiátricas como esquizofrenia e depressão profunda unipolar.

A longo prazo (alguns anos) ocorrem invariavelmente múltiplas hemorragias cerebrais com morte extensa de neurônios e perda progressiva das funções intelectuais superiores.

São comuns síndromes psiquiátricas como esquizofrenia e depressão profunda unipolar.

Efeitos a longo prazo:

Perda de memória.

Perda da capacidade de concentração mental

Perda da capacidade analítica.

Falta de ar permanente, trauma pulmonar, dores torácicas.

Destruição total do septo nasal (se inalada).

Perda de peso até níveis de desnutrição

Cefaleias (dores de cabeça), Síncopes (desmaios). Distúrbios dos nervos periféricos (“sensação do corpo ser percorrido por insetos”). Silicose, pois é comum o traficante adicionar talco industrial para aumentar seus lucros, fato verificado em necropsia, exame de hemogramas.

Grupo recuperar: Clinicas de recuperação para usuários de cocaína e crack.

Unidades Masculinas

Internação Voluntária e Involuntária.

Unidades Femininas

Internação Voluntária e Involuntária.

Masculina Alto Padrão

Internações voluntarias e involuntárias.

Feminina Alto Padrão

Internações voluntarias e involuntárias.

tratamento cocaína e crack

Entre em Contato:

Fones: (11) 4611 – 5166  / (11) 9 5050 – 7673 vivo

Whats’app: (11) – 9 5050.7673

GRUPO RECUPERAR – Clinicas de reabilitação / clinicas de recuperação