tratamento crack

Tratamento Crack

Não existe um único tratamento para eliminar o vício de crack:

O dependente precisa ser atendido nas diversas áreas afetadas, tais como social, familiar, física, mental, questões legais, qualidade de vida e trabalho de estratégias de prevenção de recaída.

Devido aos baixos índices de motivação do dependente e, consequentemente, pouca aderência do paciente ao tratamento, a família e a rede social de apoio exercem um papel de fundamental importância durante o processo de intervenção terapêutica. Contudo, a maioria dos estudos de revisão sobre famílias de dependentes químicos confirma que o universo familiar dessa população é frequentemente disfuncional.

Efeitos fisiológicos e psicológicos.

No uso do Crack os efeitos iniciais são mais rápidos e intensos que outras drogas.

A duração é mais curta, tem duração média de 5 minutos.

Os efeitos causados pelo crack são:

  • Euforia
  • Agitação
  • Sensação de prazer
  • Irritabilidade
  • Alterações da percepção e do pensamento
  • Taquicardia e tremores
  • Perda de apetite
  • Extrema autoconfiança
  • Insônia
  • Estado de alerta
  • Aumento de energia/disposição física

Grandes quantidades podem induzir tremores, vertigens, espasmos musculares e paranoia.

O uso regular do crack pode provocar alucinações e causar comportamentos violentos, episódios paranoicos e, inclusive, impulsos suicidas.

Abstinência:

A abstinência dura cerca de dez semanas. Segundo o coordenador do ambulatório do HC, nos quatro primeiros dias o paciente se sente cansado e desestimulado, come muito e sofre alterações de humor. “Existe grande tendência de o dependente voltar a usar a droga caso a abstinência não seja tratada corretamente. Sem a medicação os sintomas continuam e, comumente, levam a um quadro de depressão, alterações no padrão de sono e desestímulo.” Na décima semana, aponta o médico, esses sintomas começam a desaparecer e o organismo começa a se recuperar.

Unidades Masculinas

Internação Voluntária e Involuntária.

Unidades Femininas

Internação Voluntária e Involuntária.

Masculina Alto Padrão

Internações voluntarias e involuntárias.

Feminina Alto Padrão

Internações voluntarias e involuntárias.

Alcoolismo

O Alcoolismo é uma doença crônica que afeta questões físicas e psicológicas, causando uma vontade descontrolada de beber.

Esquizofrenia

A esquizofrenia é uma doença que não tem cura, porem o tratamento pode ajudar muito. A causa primaria da doença é desconhecida.

Maconha

A maconha é a droga ilegal mais consumida no país, as consequências negativas do uso são enormes …

Depressão

Quando a depressão aparece, se não for tratada adequadamente, pode durar por muitos meses …

Internação Feminina

Equipe técnica composta por profissionais qualificados com excelente infraestrutura, saiba mais….

Bipolaridade

A Ansiedade e a depressão são doenças sérias que necessitam de tratamento para evitar consequências bem mais graves …

Dependentes Químicos

A dependência química é um transtorno mental caracterizado por um grupo de sinais e fatores comportamentais …

Crack

O tratamento do crack vem evoluindo com o passar dos anos, novas técnicas terapêuticas e psicológicas …

Cocaina

A cocaína é uma droga mais viciante que a maconha e os danos causados no cérebro são irreversíveis …

Alto Padrão masculina

Internação alto padrão para homens.

Tratamento para Menores

A dependência química e o alcoolismo em menores de 18 anos no Brasil cresce a cada ano.Nem todos aderem aos serviços públicos.

Clínica de Reabilitação

Reabilitação de usuários de drogas, álcool e transtornos psiquiátricos, equipe composta por médico…

Internação Involuntária

A internação para quem não deseja o tratamento é uma forma de proteger a pessoa dela e de outros….

Convênios

Possuímos unidades masculina e feminina que aceita alguns convênios e planos de saúde, entre em contato.

Alto Padrão Mulheres

Internação de alto padrão para mulheres.

Entre em Contato:

Fones: (11) 4611 – 5166  / (11) 9 5050 – 7673 vivo  /  (11) 9 6064 – 5247 tim

Whats’app: (11) – 9 5050.7673

GRUPO RECUPERAR – Clinicas de reabilitação / clinicas de recuperação